29.7.10

Tempos de enganos!

Por mais que tente evitar a raiva está cravada ao longo do meu corpo. A sensação de ter sido gozada a toda a hora dá cabo de mim. E por mais que tente meter na cabeça que houve momentos em que foi sincero, não acredito, por mais que queira não consigo encaixar na minha cabeça que havia momentos em que falavas com o coração. Uma pessoa quando respeita uma outra pessoa, não faz o que tu fizeste. Simplesmente usas-te e deitas-te-me fora quando bem te apeteceu. Não tens noção a raiva, o desespero de deitar tudo cá para fora que fica dentro de nós. Não tens a perfeita noção simplesmente. Mas isso de "quereres" e "não quereres" para mim já não "cola", como se costuma a dizer. Agora tens de fazer isso a outra, pode ser que ela seja burra como eu fui durante este tempo e que te dê trela, tão ou maior daquela que eu te dei, ao pensar que aquelas falinhas mansas que me dizias a toda a hora era do coração e não do intestino grosso. Que triste, que triste que tu és. Mas tu não tens noção disso, não é? É normal, os anormais nunca têm noção do quanto magoam e o quanto são injustos com as pessoas que realmente estão apaixonadas. Paixão, do que eu fui falar... Alguma vez sentis-te isso? Já nem pergunto se foi por mim, mas sim, durante a tua vida. Que parece que apesar de já com alguns anos, parece que as atitudes dizem completamente o oposto. Se tivesses sentido percebias o outro lado, sem ser o teu, que sempre deste destaque e te esqueces-te que havia uma outra pessoa, que ao contrário de ti, falava contigo com a maior sinceridade do mundo. Aquela sinceridade que tu nunca me soubeste dar mas que pensava que fazia parte das primeiras palavras do teu vocabulário. Meu Deus, como uma pessoa pode ser tão bem enganada por outra.
Texto inventado por mim. A história não é sobre a minha vida.

53 comentários:

  1. está lindo, lindo!
    já estou a seguir *

    ResponderEliminar
  2. apesar de imaginado eu já passei por uma situação assim :/
    Está lindo alexandra :)

    beijinho

    ResponderEliminar
  3. " Aquela sinceridade que tu nunca me soubeste dar mas que pensava que fazia parte das primeiras palavras do teu vocabulário."

    está lindo Alexandra o:

    ResponderEliminar
  4. obrigada por me compreenderes, a seriio*
    é mesmo muito bom !
    e não tens que agradecer, (:

    ResponderEliminar
  5. Hoje não me apetecia falar de coisas serias, entao estou para estas coisas.xD
    Mesmo,ia ficar marcado.:D

    ResponderEliminar
  6. siim , infelizmente tudo isto aconteceu no aniversário dele , :' .

    ResponderEliminar
  7. mesmo.Não vale apena pensar so em tristezas.:D

    ResponderEliminar
  8. NÃO FUI RESPEITADA, FUI MAL TRATADA :X e isto é mt mau, AINDA O AMO .

    ResponderEliminar
  9. Ainda bem,se nao estavamos tramados.:O

    ResponderEliminar
  10. por causa do meu comentário anterior amor.

    ResponderEliminar
  11. infelizmente não há poucos pais assim :c
    é tão mau! mas a vida continua, e tal como tu, acho que também já me habituei

    ResponderEliminar
  12. sim meu amor, sim. é isso. desculpa não me ter expresso mt bem.

    ResponderEliminar
  13. claro que sim querida. também vou seguir o teu $:
    escreves muito bem +.+

    ResponderEliminar
  14. lá terá que ser , o tempo dirá o futuro .
    amei o post , muito muito mas muito mesmo *.* indentifico-me com muita coisa infelizmente :'

    ResponderEliminar
  15. pois é, dói mesmo muito :c
    mas não podemos fazer nada

    ResponderEliminar
  16. obrigada minha querida, *
    tu também podes contar comigo, (:

    ResponderEliminar
  17. exacto, temos que seguir em frente :D
    andei a deliciar-me com os teus textos *.*
    também sigo *

    ResponderEliminar
  18. pois mesmo -.-
    nao tens de agradecer . eu gosto extremamente do que escreves , e neste identifiquei-me pronto , acontece *.*

    ResponderEliminar
  19. Claro que gosto. Escreves muito bem. E este assunto infelizmente é tão comum.

    ResponderEliminar
  20. li alguns :D e ainda estou a ler x)
    e não gostei, mas sim adorei *

    ResponderEliminar
  21. mas caga , o que intressa é que tu escreves maravilhosamente bem , e que nunca o podes deixar de fazer ! (:

    ResponderEliminar
  22. está lindo! pode ter sido imaginado, mas escreveste muito bem! *

    ResponderEliminar
  23. acho bem que concordes e que o faças amor (:

    ResponderEliminar
  24. faço os meus post's com gosto e para que os leitores gostem também, (: apesar de serem meus, vocês ainda dão mais força para continuar. deves sentir o mesmo (:

    ResponderEliminar
  25. que texto tão lindo Alexandra :)

    - bem podes voltar a dize-lo

    ResponderEliminar
  26. de nada (:
    mas também só disse a verdade, Alexandra !

    ResponderEliminar
  27. Adorei... Muito bom o texto.

    matheusgaudard14.blogspot.com

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.