12.7.10

Margarida Rebelo Pinto
"Não procurei no meu pensamento articulado, habituada a encontrar respostas para as eternas questões do coração, explicações remotas e próximas para a tua atitude. Ainda pensei em ti todos os dias, ainda tive saudades tuas, mas saudades um do outro é algo que vamos sentir sempre, não é ? Quando duas pessoas foram tão próximas como nós, e viveram essa proximidade de uma maneira única, aquilo a que tão raramente podemos chamar intimidade, há marcas que ficam para sempre na nossa memória,
sendo por isso inútil, e até ingénuo, tentar apagá-las."

Às vezes por mais que queiramos que certas e determinadas memórias se eliminem na nossa vida,
elas estão sempre destinadas a existir.

9 comentários:

  1. Quantas vezes eu desejava que certas memórias não existissem :$

    ResponderEliminar
  2. obrigada amor *.*
    este post só completa o meu . tá perfeito , e mostra em como o tempo pode apagar o que nao queriamos e deixar morrer em nós o que queriamos que fosse apagado .

    ResponderEliminar
  3. já há muito que não vinha cá, minha querida *

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.