7.12.10

«... sem cobrar, sem reclamar. »

Tumblr_lcf18fxpyv1qerts5o1_500_large

« Às vezes é preciso aprender a perder, a ouvir e não responder, a falar sem nada dizer, a esconder o que mais queremos mostrar, a dar sem receber, sem cobrar, sem reclamar. »

Margarida Rebelo Pinto.

Às vezes torna-se complicado não dizer tudo o que nos vem à cabeça. Dá vontade de deitar tudo cá para fora e deixar de nos preocupar tanto com os outros. Às vezes sou injusta comigo própria. Tento dar o melhor para os outros, do que para mim própria. Infelizmente, às vezes bato com a cabeça na parede porque quando estou mal essas pessoas nunca demonstram que mereceram. Sim, devia de mudar. Eu, como toda a gente. Mas nasci assim. Com uma maneira de ser complicada, difícil de passar despercebida e uma forma de pensar muito própria. Por mais que tente não me magoar, há sempre qualquer imprevisto. Tento por breves momentos preocupar-me comigo e ver onde errei para ver o que realmente aconteceu. Mas depois chego à triste e cruel realidade que a vida muitas vezes se resume à falsidade e hipocrisia das pessoas. Por mais que às vezes doa pensar nisto, é a realidade e eu não posso mudar isso, por mais que tenha vontade. Então continuo, nesta longa e duradoura, embora às vezes demasiado breve e solitária caminhada, onde a minha vida depende de mim, dos meus próprios actos & da minha complicada forma de agir com os problemas.

Para quem gosta do meu blog e tem facebook:

30 comentários:

  1. perfeito este post!! :)
    As minhas duas inspirações juntas *.*

    ResponderEliminar
  2. Sim, eu sei. Mas tens de vir cá mais vezes, nem que seja para desabafar :p

    ResponderEliminar
  3. sendo assim obrigada :)
    Gostei do texto *

    ResponderEliminar
  4. Está descansada que te digo querida (:
    Mas, pelo que li estou a adorar *.*

    ResponderEliminar
  5. Palavras da Margarita :) e as tuas palavras "brilham" :) *

    ResponderEliminar
  6. adoro o blog, amei a frase e esse texto é o meu espelho *.*

    ResponderEliminar
  7. Obrigada :)
    Gostei do texto, penso da mesma forma (:

    ResponderEliminar
  8. Não te conheço, mas aposto que é esse (que tu consideras) teu defeito que te faz ser tão especial. Às vezes temos de parar para pensarmos em nós também, mas também é bom qd não o fazes, qd não tens tempo para ti. Assim pelo menos não tens tempo de sofrer!

    ResponderEliminar
  9. Oh querida, quando já somos assim temos que aguentar :/
    Força para essa caminhada *

    ResponderEliminar
  10. Como eu te compreendo. Eu também sou assim, penso demasiado nos outros e pouco em mim. Depois quando algo de mau se abate sobre mim acontece como tu referis-te "bato com a cabeça na parede porque quando estou mal essas pessoas nunca demonstram que mereceram". Isso é o que magoa ainda mais :/

    ResponderEliminar
  11. eu tento acreditar que sim .
    obrigada pela força querida (:

    ResponderEliminar
  12. oh, obrigada :$ escrevemos as duas bem, pronto xD

    É normal... Às vezes também me acontece isso. Mas eu estava habituada a ver-te sempre por aqui x)

    ResponderEliminar
  13. também deves estar quase a entrar nas férias de Natal, não? :p

    ResponderEliminar
  14. ó ~tu é que és e escreves muito bem :)

    ResponderEliminar
  15. A vida também não pode vivida só de coisas boas, era bom. Mas se calhar não daríamos tanta importância àqueles momentos que nós consideramos "perfeitos" :)

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.