20.1.11

Vais sem um único adeus.

« Nunca sabemos para onde vamos. Nunca sabemos até onde podemos chegar, nunca conhecemos os nossos passos, mesmo quando pensamos que escolhemos os melhores caminhos. Tu vens e vais como um pássaro, voas como quem anda,ficas como quem mora e, quando partes, nunca dizes a palavra adeus. Penso sempre que é a última vez, mas depois há uma força que te faz voltar, e a cada regresso trazes-me mais conforto, mais paz, mais sabedoria. O que te faz voar até mim é um mistério que o mundo não consegue resolver. Tens todos os sonhos por cumprir e, no entanto, nunca te vi com pressa para os alcançar. »

Margarida Rebelo Pinto

13 comentários:

  1. É engraçado como quando estou mais em baixo leio um texto dela, ou um pedaço de algum livro e me sinto melhor. Incrivelmente ela tem esse poder. Mas muito boa escolha de excerto já agora :)

    ResponderEliminar
  2. esta lindo. mrp ♥
    (e amo a musica, completamente)

    ResponderEliminar
  3. gostei alexandra :)
    dá notícias tuas*

    ResponderEliminar
  4. tem sim :o em cada parágrafo encontras verdades. está LINDO (: nunca gostei tanto de um texto *.*

    ResponderEliminar
  5. Adoro os textos, são mesmo lindos *.*
    Como se chama a musica?

    ResponderEliminar
  6. Obrigada *.*
    A música chama-se "Sparks Fly".

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.