28.6.11

A & F



É estranho como a vida de uma pessoa pode mudar de um momento para o outro. Merecer, ninguém merece este desfeche. Todos merecem, por mais ou menos razões ser feliz e viver muitos anos, contudo parece que acontece principalmente às boas pessoas. Nunca me considerei fã dele, contudo à 8 anos que vejo os morangos, e foi assim que o conheci e que comecei a ouvir as suas músicas. Primeiro foi o Francisco Adam, foi um choque. Senti a sua perda como se fosse muito próxima dele. Senti como se o conhecesse desde sempre. Agora outro. E é estranho ouvir a música que os D'ZRT fizeram ao Francisco em que o próprio Angélico cantava:
"Tua alegria não será esquecida
Sabemos que não queres tristezas entre nós
És um exemplo pra agarrar a vida
Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós"
Estejas morto (não gosto desta palavra), estejas vivo, certamente as pessoas que admiram pessoas com garra como tu, nunca te vão esquecer. E é caso para dizer também: "Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós." Independentemente do desfeche, parabéns por teres essa tua garra e vontade de vencer sempre.
Angélico Vieira & Francisco Adam

15 comentários:

  1. so espero que ele reaja aos testes de estimulaçao que lhe vao fazer hoje :$

    ResponderEliminar
  2. ele tem que conseguir, tem mesmo :$
    claro querida: http://www.youtube.com/watch?v=WMfTdziNf0k

    ResponderEliminar
  3. A morte não existe, a vida continua do outro lado :)

    ResponderEliminar
  4. acredita gostei mm, eu gostava mais do "Dino" que do Angélico, mas nenhum merece mesmo!

    ResponderEliminar
  5. :):(
    aptese-te rir :) mas depois vai logo á tristeza :(
    o impossivel acontese sempre , por mais que custe

    ResponderEliminar
  6. estava mesmo a pensar nessa parte da música!
    que descanse em paz *

    ResponderEliminar
  7. Sabes graçinha, ainda acho que ele não se foi. Tal como tu, não era uma fã, mas gostava das músicas dele, gostava dos D'Zrt, da forma como ele "compunha" o quadro daqueles 4. Tristeza é uma boa palavra, é sempre triste quando alguém morre e as figuras públicas entram-nos pela casa todos os dias, nas revistas, na televisão, porque são figuras que todos nós conhecemos, que todos nós conhecemos e sabemos quem são, e que, por mais que nos seja difícil admitir, também admiramos algumas vezes, pelos gestos que tomam ou pelas pessoas que são. Este é um momento difícil, porque sempre que alguém morre apaga-se a luzinha cá em baixo com o nome dessa pessoa e ela voa, e vai-nos completar o céu lá em cima. Gostava de acreditar que existe um mundo melhor lá em cima.

    ResponderEliminar
  8. Lindo, o texto tá lindo !
    Quando soube da noticia a primeira coisa que me veio a mente foi o acidente do eterno Dino man ... Coincidencias ? Talvez ... a vida foi madrasta para ambos .

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito da praia de Matosinhos :)
    Oh, muito obrigado.
    Que cena triste esta do Angélico :/

    ResponderEliminar
  10. Acredita sempre que de quem nós gostamos estaram sempre ou pé de nós, gravados na nossa memória e nos nossos corações; e que nunca serão esquecidos.
    Para mim, normalmente, as pessoa que me são mesmo muito chegadas, nunca desaparecem, foram apenas numa viagem e a vida situações da vida, não me têm permitido reencontra-las, mas eu sei que estão bem!

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.