4.11.11

Incertezas

“Eu vou sempre fingir que não me importo. Tu nem sequer vais saber o que se passa dentro de mim. Primeiro porque eu não quero que tu saibas, e segundo porque é tão difícil entender-me… Sabes, às vezes até eu própria tento fazê-lo, mas não consigo."
Tumblr_lu5kqkynqq1r4i0kwo1_500_large
São inúmeras as vezes que tento perceber o que sinto. Há alturas em que tudo fica claro, fácil de entender, em que tudo começa a bater certo. Outras vezes sinto que nada faz realmente sentido. Que não sei porque estou a fazer aquilo, se não me sinto bem com isso. É frustrante não saber o que fazer e como lidar com certas situações da vida. Então aí afasto-me para tentar organizar, todas as minhas prioridades, todas as coisas que fazem valer a pena. Tento também pensar nas atitudes que tenho tomado em certas situações e se estas são mesmo as melhores. No entanto não gosto quando passo o tempo a tentar entender as coisas, porque nunca chego a uma conclusão concreta. Tento por vezes não pensar, porque às vezes é mesmo o melhor a fazer.

11 comentários:

  1. Gostava muito de saber o porquê de tamanho desaparecimento... :/

    ResponderEliminar
  2. identifico-me com este texto, a sério alexandra.

    ResponderEliminar
  3. Já andas na escola e nem me dizes? És mesmo ursa! Como tens estado? Já reparei que andas com algum problema.. :s

    ResponderEliminar
  4. meu grande doce, ao tempo :o como andas?

    ResponderEliminar
  5. Sim, eu sei disso. Mas na altura estavas indecisa... Estás a fazer um curso profissional?
    Podias ter mandado mensagem... Sabes que estou sempre aqui para ti.

    ResponderEliminar
  6. Sabes..identifico-me tanto, eu também sou assim mas olha, são estas particularidades um pouco mais complicadas que fazem de nós o que somos e só temos é de ter orgulho.

    ResponderEliminar

cada pessoa tem a sua opinião, dá a tua.